Redesim e Sala Mineira já estão presentes em grande parte do Estado e são referência no empreendedorismo estadual

Metas estabelecidas para integração já estão sendo alcançadas pela Jucemg, responsável pelo processo que simplifica e integra registro empresarial
 
A Redesim – Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – atingiu nesta semana o total de 322 municípios integrados ao sistema. Depois de São José do Alegre e São Sebastião da Vargem Alegre, desta vez foi o município de Tiros que aderiu à Redesim e também inaugurou a Sala Mineira.
 
Já estão em funcionamento no Estado 258 Salas Mineiras, fruto da parceria entre Jucemg, Sebrae e prefeituras. A Sala Mineira é um ponto de apoio nos municípios em relação ao empreendedorismo, gestão dos pequenos negócios e à Redesim. Criada pela Lei Federal 11.598/2007, a Redesim tem como objetivo integrar e simplificar o processo de formalização de pessoa jurídica, permitindo que o registro e o licenciamento sejam realizados de forma linear e digital. 

Uma das principais orientações passadas pelo governador Romeu Zema à nova gestão da Jucemg, em fevereiro de 2019, foi a de propiciar ao setor empresarial um ambiente de negócios com mais simplificação e desburocratização dos processos. Responsável pela gestão dessa política no Estado, a administração e a equipe de servidores da Jucemg, tendo à frente o presidente Bruno Falci, têm se empenhado em atingir as metas estabelecidas: na Redesim, por exemplo, a meta para o segundo bimestre (março/abril) era integrar 8 municípios e, neste período, foram integrados 16. Já para a Sala Mineira do Empreendedor a meta era seis integrações e o total chegou a 10.